19/02/2010

Tempestade.

Ás 3:30 da manhã, abro minha caixa de emails e me deparo com um texto que Pedro me mandou. Vou ser bem sincera, eu ia apagá-lo, não tenho muita paciência pra ler as msg que ele faz, mas acabei lendo e gostei, então resolvi postar, admito que muitas partes me chamaram atenção :) .

“De repente tudo se escurece, a tempestade aparece bem devagar e sem que percebermos do que vem aí, ela destrói tudo sem termos tempo de reação, nem respiração. Mas isto é só o princípio, o pior vem a seguir, a seguir a tempestade. Mas depois aparece o sol, com remorsos a tentar fingir que nada daquilo aconteceu, mas aconteceu e é verdadeiro, bastante real para podermos ignorar.
A tempestade já se foi, mas o pensamento continua, continuará sempre enquanto as pessoas o quiserem lá. Mas nada impede que continuemos a amar a vida, a desejá-la como se fosse o último segundo que a tivesse.
Por que se deseja a morte? Por que é o caminho fácil, onde se finda sofrimento, mas somos egoístas e não pensamos que os outros sofrerão muito mais com a nossa morte. O desaparecimento é o segundo caminho mais fácil, pois o que não se vê não se sente. Porque não tentar chegar a pelo caminho mais difícil, será certamente o caminho mais correto. Sendo doloroso é o qual nos fará crescer e amadurecer como pessoas, tornando-nos adultos conscientes, e não numas crianças crescidas. Porque desejar a morte sempre que a vida não sorri? Porque questionar as designas do destino quando estamos mal? Sendo que quando estamos bem, nem ousamos difamar seja quem for, porque tudo corre bem. Então não seremos todos um pouco hipócritas, pois só ousamos dizer algo quando estamos mal. Porque as pessoas têm medo de enfrentar os medos, tentar continuar a vida, pois o tempo não volta atrás, para que possamos fazer as coisas do nosso jeito.”

ByGra
Pe você é realmente uma pessoa muito especial pra mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails
Ocorreu um erro neste gadget

Frase