24/01/2010

Calada

Sou sempre caladinha em meu canto. Embora demonstre desembaraço e eu esteja sempre sorrindo. (consigo atuar).
A Verdadeira Gra. é totalmente diferente.
É sozinha no meu canto que eu me encontro, Aparentemente, pensando em nada. como amo não pensar em nada. como é bom olhar pra nada, e deixar o meu pensamento voar.
Ah! Se as pessoas soubessem, por onde meu pensamento Voa, Ou caí, Onde meu pensamento se esconde. Meus pensamentos são sempre atrapalhados, como os fios que se arrebentam e não toleram mais amarras. então sozinha consigo desfazer os no. Se me conhecessem direito, diriam que tudo de mim é "calado". Sabe aquele tipo de pessoa que nem mesmo quando se encontra se acha? (prazer sou eu). Mas sou feliz assim. procuro apenas me ENTENDER, ENTENDO QUE ESTA É A CHAVE DA FELICIDADE. Assim aparentemente eu me acho. (confuso?,não)
Gosto de gente com garras, Gente que corre a trás, Luta por seus direitos.
E neste processo é capaz de pensar, No direito coletivo Na felicidade não só sua, Mas dos seus semelhantes.
(Detalhe, tem uma pessoa que sempre me zua dizendo que precisa falar com Jesus, q eu sou santa, sei lá o que. pq eu nem procuro ouvir pra não dar mal resposta.), mas a verdade é que, gostaria de mudar muita coisa no mundo. não só viver, mas fazer a minha história.
pq?
A VIDA É CURTA E POR NADA NESTE MUNDO SE DEVE DEIXÁ-LA PASSAR SEM QUE HAJA LUTA PELA FELICIDADE, PELOS SONHOS, GOSTO DE SER CRIADORA E CRIATIVA. EU QUERO VIVER HISTÓRICAMENTE, TODO MUNDO TEM DIREITO DE FAZER HISTÓRIA COM A VIDA E MODO BEM SIGNIFICATIVO,
QUERO SER LEMBRADA PELO MUNDO SE POSSÍVEL COM CARINHO E SAUDADE.
ByGra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails
Ocorreu um erro neste gadget

Frase